29 September 2009

A Lenda Mais Linda

A LENDA MAIS LINDA
Diz uma linda lenda árabe:
Que dois amigos viajavam pelo deserto e em um determinado ponto da viagem discutiram.
O outro, ofendido, sem nada a dizer, escreveu na areia:
HOJE, MEU MELHOR AMIGO ME BATEU NO ROSTO.
Seguiram e chegaram a um oásis onde resolveram banhar-se.
O que havia sido esbofeteado começou a afogar-se sendo salvo pelo amigo.
Ao recuperar-se pegou um estilete e escreveu numa pedra:
HOJE, MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA.
Intrigado, o amigo perguntou: " Por que depois que te bati, você escreveu na areia e agora escreveu na pedra?"
Sorrindo, o outro amigo respondeu: " Quando um grande amigo nos ofende, deveremos escrever na areia onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregam de apagar; porem quando nos faz algo grandioso, deveremos gravar na pedra da memória do coração onde vento nenhum do mundo poderá apagar."
DEUS te abencoe irma(o) Abraco, Yola Tatiana Veiga Bastos

27 September 2009

O que realmente importa

O QUE REALMENTE IMPORTA
Era uma vez o jovem que recebeu do rei a tarefa de levar uma mensagem e alguns diamantes a um outro rei de uma terra distante.
Recebeu também o melhor cavalo do reino para levá-lo na jornada.
Cuida do mais importante e cumprirás a missão! - disse o soberano ao se despedir.
Assim, o jovem preparou o seu alforje, escondeu a mensagem na bainha da calça e colocou as pedras numa bolsa de couro amarrada a cintura, sob as vestes.
Pela manhã, bem cedo, sumiu no horizonte.
E não pensava sequer em falhar.
Queria que todo o reino soubesse que era um nobre e valente rapaz, pronto para desposar a princesa.
Aliás, esse era o seu sonho e parecia que a princesa correspondia às suas esperanças.
Para cumprir rapidamente sua tarefa, por vezes deixava a estrada e pegava atalhos que sacrificavam sua montaria.
Assim, exigia o máximo do animal.
Quando parava em uma estalagem, deixava o cavalo ao relento, não lhe aliviava da sela e nem da carga, tampouco se preocupava em dar-lhe de beber ou providenciar alguma ração.
Assim, meu jovem, acabas perdendo o animal - disse alguém.
Não me importo - respondeu ele
Tenho dinheiro. Se este morrer, compro outro. Nenhuma falta fará!
Com o passar dos dias e sob tamanho esforço, o pobre animal não suportando mais os maus-tratos, caiu morto na estrada.
O jovem simplesmente o amaldiçoou e seguiu o caminho a pé.
Acontece que nessa parte do país havia poucas fazendas e eram muito distantes umas das outras.
Passadas algumas horas, ele se deu conta da falta que lhe fazia o animal.
Estava exausto e sedento.
Já havia deixado pelo caminho toda a tralha, com exceção das pedras, pois lembrava da recomendação do rei: "Cuida do mais importante!" Seu passo se tornou curto e lento.
As paradas, freqüentes e longas.
Como sabia que poderia cair a qualquer momento e temendo ser assaltado, escondeu as pedras no salto de sua bota. Mais tarde, caiu exausto no pó da estrada,onde ficou desacordado.
Para sua sorte, uma caravana de mercadores que seguia viagem para o seu reino, o encontrou e cuidou dele.
Ao recobrar os sentidos, encontrou-se de volta em sua cidade.
Imediatamente foi ter com o rei para contar o que havia acontecido e com a maior desfaçatez, colocou toda a culpa do insucesso nas costas do cavalo "fraco e doente" que recebera.
Porém, majestade, conforme me recomendaste, "cuida do mais importante", aqui estão as pedras que me confiaste. Devolvo-as a ti. Não perdi uma sequer.
O rei as recebeu de suas mãos com tristeza e o despediu, mostrando completa frieza diante de seus argumentos.
Abatido, o jovem deixou o palácio arrasado.
Em casa, ao tirar a roupa suja, encontrou na bainha da calça a mensagem do rei, que dizia: "Ao meu irmão, rei da terra do Norte. O jovem que te envio e candidato a casar com minha filha. Esta jornada é uma prova. Dei a ele alguns diamantes e um bom cavalo. Recomendei que cuidasse do mais importante. Faz-me, portanto, este grande favor e verifica o estado do cavalo. Se o animal estiver forte e viçoso, saberei que o jovem aprecia a fidelidade e força de quem o auxilia na jornada. Se, porém, perder o animal e apenas guardar as pedras, não será um bom marido nem rei, pois terá olhos apenas para o tesouro do reino e não dará importância à rainha nem àqueles que o servem".
Comparo esta estória com o ser humano que segue sua jornada na vida, tão preocupado com seu exterior, isto é, com os bens, que tudo guarda como se fosse tudo ouro, esquecendo de alimentar também a sua alma e o seu espírito com a alegria e o amor de Deus.
Certamente não cumprirá a missão, já que não sabe guardar o que é mais importante .
Se você tiver a oportunidade de conhecer pessoas assim , como conheci e conheço a muitos , verá que na intimidade têm mais problemas que você ou eu e são cercados de infelicidades . Antes que seja tarde , preocupe-se em :
será que estou no Caminho que me leva a Deus ? (Pense sobre isto)
DEUS te abencoe.
Abraco irmao(a), Yola Tatiana Veiga Bastos

Gratidao

GRATIDAO
O homem por detrás do balcão olhava a rua de forma distraída.
Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrine. Os olhos da cor do céu, brilhavam quando viu um determinado objecto. Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquesa azul. - É para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?, diz ela. O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou: - Quanto de dinheiro você tem?
Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós.
Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse: - Isso dá?
Eram apenas algumas moedas que ela exibia orgulhosa.
- Sabe, quero dar este presente para minha irma mais velha. Desde que morreu nossa mãe ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ficará feliz com o colar que é da cor de seus olhos. O homem foi para o interior da loja, colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde. - Tome!, disse para a garota. Leve com cuidado. Ela saiu feliz saltitando pela rua abaixo.
Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis entrou na loja.
Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou: - Este colar foi comprado aqui? - Sim senhora.
- E quanto custou?
- Ah!, falou o dono da loja.
O preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o cliente.
A moça continuou: - Mas minha irmã tinha somente algumas moedas! O colar é verdadeiro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-lo!
O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e o devolveu à jovem.
- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar.
ELA DEU TUDO O QUE TINHA.
O silêncio encheu a pequena loja e duas lágrimas rolaram pela face emocionada da jovem enquanto suas mãos tomavam o pequeno embrulho.
"Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições.
Gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura.
Seja sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém.
Gratidão com amor não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece."
DEUS ensina-nos.
Abracinho, Yola Tatiana Veiga Bastos

O BOM PASTOR NUNCA DESISTE

O BOM PASTOR NUNCA DESISTE

Se um homem tiver cem ovelhas, e uma se desviar e se perder, que fará ele? Não deixará as outras noventa e nove, e sairá pelos montes em busca da perdida? S. Mateus18:12 Louis Pasteur, o famoso microbiologista francês que descobriu que a maioria das doenças é causada por germes, dedicou-se à busca do conhecimento.

Cria, entretanto, na existência de valores espirituais que transcendem a ciência.

Em 1849, Pasteur casou-se com Marie Laurent, uma de suas assistentes de laboratório. Tiveram cinco filhos. Três morreram na infância. Dezenove anos mais tarde, ele sofreu uma lesão vascular cerebral por excesso de trabalho e ficou parcialmente paralisado.

Quando estourou a guerra franco-prussiana em 1870, o único filho de Pasteur, Jean Batiste, foi convocado para servir seu país e envolveu-se na catastrófica derrota do exército francês em Metz.

Depois de semanas sem receber notícias do rapaz, Pasteur deixou seu agora famoso laboratório em Paris e foi procurá-lo.

A despeito de sua paralisia parcial, Pasteur seguiu mancando na direção norte à procura do filho. As estradas estavam congestionadas com soldados derrotados e errantes.

A jornada foi árdua, mas depois de muitas perguntas Pasteur localizou a unidade de seu filho. Um oficial contou-lhe então a desanimadora notícia: de um grupamento original de 1.200 homens, menos de 300 haviam sobrevivido.

Mas Pasteur não desistiu. Continuou avançando por estradas cheias de cavalos mortos e homens sofrendo de frio enregelante e gangrena.

Chegou finalmente ao local onde um soldado estava enrolado até os olhos num sobretudo pesado; mal podia ser reconhecido em seu estado de definhamento. Era Jean Batiste! Pai e filho, comovidos demais para falar, abraçaram-se em silêncio.

Na guerra entre as forças do bem e do mal, muito filho, muita filha já sofreu derrotas catastróficas nas mãos do inimigo das almas. E muitos, como o filho de Pasteur, mal podem ser reconhecidos por causa dos estragos do pecado.

Alguns cristãos professos, até mesmo pais, talvez creiam que esses filhos errantes se encontrem além da esperança.

Mas mesmo que eles se esqueçam (ver Isaias 49:15), o Bom Pastor e os pais fiéis nunca se esquecerão, mesmo que por vezes tenham de administrar um amor severo.

DEUS te abencoe, irmao(a)

Abraco, Yola Tatiana Veiga Bastos

13 September 2009

Eu Tenho A Marca Da Promessa

Eu Tenho A Marca Da Promessa! Faz Um Milagre Em Mim! Querido irmao(A) tenha um domingo abencoado, DEUS te abencoe Yola Tatiana Veiga Bastos

11 September 2009

Saudades Terei

Saudades Terei
Nosso DEUS e' tremendo!
Hoje estive com uma pessoa querida...
Ja' estive longe de pensar que perder alguem neste mundo fosse como realmente o e'.
Uma irma hoje partiu para perto de TI SENHOR...
Deixou este mundo onde lutamos, para vencer, mas vencer o que?!
Devemos lutar sim, para servirmos ao SENHOR cada vez mais, para que possamos abrir nossos coracoes para que DEUS PAI nos direcione no caminho certo... Viver uma vida de amor e com amor por todos.
Hoje estive no funeral de uma irma querida de todos no's, fez-me rever os tempos passados quando outros perdi...
Mas entao, no's perdemos para os encontrar mais tarde, hoje eu sei que estas bem, estas feliz, estas perto do SENHOR, mais perto que eu... se voce pudesse me contar ... mas um dia com ELE e contigo eu vou estar...
Eu te agradeco PAI por nos trazeres a este mundo e na hora que para muitos de no's por vezes nos parece inesperada, TU nos levas. O SENHOR sabe de todas as coisas, e em TI deposito toda minha confianca.
PAI AMADO, quero aqui deixar uma oracao para todos aqueles que contigo agora perto estao:
" PAI, te agradeco com todo meu ser por todos momentos que com eles juntos tivemos, te agradeco por seres tao bom sem pedir nada em troca, te agradeco pelo tempo que nossos irmaos aqui estiveram neste mundo e seus coracoes transformados foram; e peco-te SENHOR que cuides de no's aqui na terra, para que possamos seguir firmes, fortes, nos encha de sabedoria, nos encha de amor;
A vida nesta vida nao se compara 'a vida do TEU lado, a alegria de viver realmente acontece quando perto de ti estou.
Obrigada PAI AMADO.
Abencoe as familias, suas dores, suas revoltas revira-as em alegria, que se lembrem de seus irmaos que partiram nao com tristeza mas com alegria, salva-nos SENHOR!
Que seu ESPIRITO SANTO derrame da sua graca em nossas vidas, precisamos de ti SENHOR!
PAI obrigada por voce existir em minha vida, obrigada por voce existir em meu coracao;
Agora MEU DEUS peco-te que as almas de meus irmaos descansem em paz perto de ti, em nome de JESUS, AMEN."
Homenageando meus amigos irmaos familia :
  • Carla Craveiro
  • Walter Bastos (meu irmao)
  • Walter Bastos (meu primo)
  • Carlos B.V.
  • Amelia Veiga
  • Jose Alonso
  • Antonio (xuat)
  • Ines Pina
  • Carmen Alonso
  • Carlos Bastos (meu pai)

DEUS vos abencoe, um abraco com amor...

Yola Tatiana Veiga Bastos

9 September 2009

"Nao" - Uma Bencao Disfarcada

"Nao" - Uma Bênção Disfarçada
" ... e tendo chegado diante da Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não lho permitiu. Então, passando pela Mísia, desceram a Trôade. De noite apareceu a Paulo esta visão: estava ali em pé um homem da Macedônia, que lhe rogava: Passa à Macedônia e ajuda-nos. E quando ele teve esta visão, procurávamos logo partir para a Macedônia, concluindo que Deus nos havia chamado para lhes anunciarmos o evangelho" (Atos 16:7-10).
Muitas vezes, com certeza, já ouvimos, de algum amigo, a frase: "Eu espero que você consiga exatamente o que quer".
Será que já paramos para refletir sobre ela?
Estamos, constantemente, desejando coisas de que não necessitamos ou que não são boas para nós.
"Nossos olhos são maiores do que nossos estômagos".
O "não" de Deus frequentemente é uma bênção disfarçada e pode levar a uma missão maior, como o apóstolo Paulo descobriu ao receber o chamado do homem da Macedônia.
Como reagimos ao ouvir um "não" em nossas pretensões?
Fechamos o semblante?
Murmuramos por mais um fracasso?
Deixamos transparecer nosso mau-humor culpando a todos pela nossa frustração?
Muitas vezes esse "não" tem sabor de vitória.
Ele pode valer muito mais do que um "sim". Ele pode ser o primeiro passo para uma grande conquista.
Quando o "não" vem do Senhor, devemos sorrir e cantar porque Ele terá algo maior e mais grandioso para nós.
Basta apenas que confiemos NELE, que saibamos compreender o que realmente deseja e aguardar as maravilhas que seguirão a esse "não" abençoado.
O segredo para uma vida abundante e feliz é esperar sempre a vontade de Deus. Se vivermos dessa maneira, tanto o "sim" como o "não" terão o mesmo valor e trarão o mesmo regozijo para o nosso coração.
Você murmura quando Deus responde "não" ou agradece a Ele por mostrar-lhe que seu propósito estava equivocado?
DEUS te abencoe irma(o)
Abraco, Yola Tatiana Veiga Bastos

5 September 2009

Atitude, Apetite. Fazer Ponteria

Atitude, Apetite. Fazer Ponteria
" Se ja' experimentaram a bondade do SENHOR, clamem pelo puro leite espiritual, como faz um bebe, para que por ele possam crescer na vossa salvacao." (1 Pedro 2:2)
Quando se fala em termos de ler a Biblia, Dr. Horward Hendricks aponta para tres coisas que devemos manter constantemente conscientes:
  1. Nossa atitude. Tal como o bebe pega o biberon, deveriamos alcancar a Biblia. O bebe precisa de leite para manter sua vida fisicamente, e no's precisamos das escrituras para mantermos-nos espiritualmente.
  2. Nosso apetite. No's deveriamos alongar a palavra em DEUS. Isto e' um sabor cultivado. Quando alguem diz," eu nao estou a ter, o suficiente atraves da Biblia." Esse e' um bom comentario para eles, mais que para o livro ! Salmos 19:10 diz: "... e sao mais agradaveis do que o mel gotejando dum favo." Mas julgado por alguns de no's voce nunca sabera' isso. Existem tres basicos generos de estudantes da Biblia. O genero 'ma' medicina'. Para eles a palavra e' amarga mas e' boa para aquilo que lhe incomoda. Depois temos 'trigo 'as tiras'. Para eles a escritura e' nutritiva mas seca. E' como comer um fardo feno. E depois temos 'morangos com creme'. Para eles nunca conseguem ter o suficiente deles (morangos com creme). Como e' que eles adquiriram esse sabor? Festejando na Palavra. Eles cultivaram o que Pedro descrevia tal como um apetite insaciavel pela verdade Biblica. Quais dos tres generos e' voce?
  3. Nossa ponteria. A ponteria da leitura da Biblia e' "talvez voce cresca". Agora, voce nao pode crescer a nao ser que voce saiba, mas ofortunamente voce pode saber mas nao crescer. A Biblia nao foi escrita para satisfazer nossa curiosidade, mas para nos ajudar a conformar-mos-nos a imagem de JESUS CRISTO. Nao para nos fazer espertos, mas para fazer-nos mais como o Salvador. Nao para encher nossas cabecas com factos biblicos mas para transformar nossas vidas.

DEUS e' em mim. DEUS te abencoe amigo irmao(a).

Yola Tatiana Veiga Bastos

4 September 2009

Perante os Amigos

Perante os Amigos
O escritor H. Jackson Brown Jr., autor do livro "Pequeno manual de instruções para a vida", relaciona nessa obra sugestões de como dar e receber amizade. Seus conselhos são no seguinte sentido:
Olhe as pessoas nos olhos.
Diga sempre "muito obrigado."
Diga sempre "por favor".
Seja o primeiro a dizer "olá".
Devolva tudo o que pegar emprestado.
Sorria muito.
Não custa nada e não tem preço.
Lembre-se do aniversário dos outros.
Quando alguém contar alguma coisa importante que lhe aconteceu, não tente superá-lo com uma de suas histórias.
Os outros também têm o direito de aparecer.
Jamais prive uma pessoa de esperança; pode ser que ela só tenha isso.
Elogie em público.
Critique em particular.
Não aborreça as pessoas com os seus problemas.
Procure reavivar antigas amizades.
Nunca desperdice uma oportunidade de dizer a uma pessoa que você a ama. Nunca subestime o poder de uma palavra ou de uma ação gentil.
Nunca ria dos sonhos alheios.
Em caso de discordância, exponha seus pontos de vista sem pretender ridicularizar os entendimentos dos outros.
Quando alguém lhe fizer uma pergunta a qual você não gostaria de responder, sorria e pergunte: "por que quer saber?"
Não admire as pessoas pela sua riqueza, mas pelos meios criativos e generosos com que dispõem dela.
Não traia nunca uma confidência.
Não deixe que uma pequena desavença prejudique uma grande amizade.
Dê às pessoas mais do que elas esperam, e faça-o alegremente.
Lembre-se de que o tempo que leva para que duas pessoas se tornem amigas nunca é tempo desperdiçado.
Saiba compreender as imperfeições de seus amigos com a mesma presteza com que sabe compreender as suas próprias.
Seja aberto e acessível.
A próxima pessoa que você conhecer pode se tornar o seu melhor amigo.
Seja o primeiro a perdoar.
Quando disser "sinto muito", olhe a pessoa nos olhos.
Quando um amigo ou uma pessoa amada ficar doente, lembre-se de que esperança e pensamento positivo são remédios fortíssimos.
Passe a vida levantando o ânimo das pessoas e não as colocando para baixo. Peça desculpas imediatamente quando perder a paciência.
Estimule qualquer pessoa que esteja tentando melhorar, mental, física ou espiritualmente.
Lembre-se de que o princípio mais profundamente enraizado na natureza humana é a ânsia por ser apreciado.
Pense nisso!
Os amigos verdadeiros são alegrias em nossas vidas.
São raios de luz, ajudando-nos a descobrir erros que precisamos corrigir, ou talentos que ainda precisamos desenvolver.
São dádivas que Deus, na Sua extrema misericórdia, oferece-nos para amenizar as provas da vida e a aridez dos caminhos.
São flores raras que perfumam o jardim de nossas existências, mas que necessitam de cuidados e de dedicação constantes, a fim de que não feneçam à própria sorte, desvalorizadas e esquecidas.
Antes de buscar amizade nos outros, compete-nos, primeiro, ser amigo daqueles que nos cercam.
Palavras de Salvacao.
Abraco, Yola Tatiana Veiga Bastos

2 September 2009

A Nota De Um Amigo, Divulgue

A Nota De Um Amigo, Divulgue
"O fruto do justo é árvore de vida; e o que ganha almas sábio é ! ". (Pv 11.30)Você deseja ser sábio? Sábio é aquele que ganha almas! Ganhe almas para o Senhor Jesus, divulgando o nosso site www.JesusComigo.com.br, onde você quizer. Para os amigos, os seus contatos, pelas salas de bate-papo, o Senhor deseja abençoar os que estão sofrendo, e abençoar a sua vida também, pois o sábio é como uma árvore plantada junto as águas, que não murcha as suas folhas, e dá fruto o ano todo. Contamos com você! Que Deus te abençoe! João Aurélio do Carmo Ferreira diretor JesusComigo.com Abraco, irmao(a)

1 September 2009

A Musica

A Musica
Você pode acreditar que Deus não existe.
Principalmente porque, a toda evidência, se Ele existe, lhe dá esse direito.
Você pode acreditar que Ele é uma invenção humana, a criação de Algo sobre o qual jogar todas as perguntas sem resposta, uma muleta psicológica ou uma ferramenta de dominação sobre as massas, qualquer coisa assim.
O que fico pensando é: como optar por essa saída e ainda assim continuar dando o lugar para um velhinho que sobe no ônibus?
C.S. Lewis dá outros exemplos:
Por que os nazistas são vilões?
Por que o que eles fizeram estava errado?
Ou, por que todas as nações em guerra usam os serviços de traidores do outro lado e até os recompensam com dinheiro e outros favores mas no fundo os desprezam?
Ou será que há alguma nação que tenha orgulho de seus traidores?
E é normal alguém orgulhar-se de ferir, maltratar e trair aos que ama?
O fato de você se indignar ao ver um corrupto no último escândalo do noticiário ou quando alguém fura uma fila na sua frente, ou o fato de você não achar que deve quebrar a cara de alguém que acabou pisando no seu pé no metrô acabam apontando para a existência de um padrão, uma regra moral que é coletiva e praticamente inconscientemente aceita.
Quem gravou esse padrão no coração de todo homem?
E o que você faz quando percebe que é incapaz de cumprir esse padrão todo o tempo, que de quando em vez você desliza?
Claro que algumas coisas são certas num tempo e erradas no outro, isso é dinâmico, mas de uma forma geral existem, em todos os tempos e lugares onde houver mais de um ser humano coexistindo, coisas que, mesmo sem punição ou recompensas imediatas espera-se que sejam feitas daquele jeito.
Esse padrão não pode ser algo atrelado a nosso instinto de sobrevivência da raça, porque uma fila indiana para comprar ingressos pro cinema não tem nada a ver com sobrevivência da raça e ainda assim é inaceitável que alguém a fure.
Vai além de sobrevivência, atinge o âmago do certo e do errado, do justo e do injusto e se não vem de fora, quem determina o que é justo e o que é certo?
Você pode continuar acreditando que Deus não existe, mas o que você faz quando percebe que o anseio mais profundo de seu coração não pode, simplesmente não pode, ser satisfeito neste mundo?
Tornando a Lewis:
"aquele anseio que nasce em nós quando nos apaixonamos pela primeira vez, quando pela primeira vez pensamos numa terra estrangeira, quando começamos a estudar um assunto que nos entusiasma, é um anseio que nenhum casamento, viagem ou estudo pode satisfazer."
Você pode acreditar que Deus não existe, mas o que provavelmente vá acontecer é que em algum momento você vai notar que há uma música sendo tocada.
É uma linda música.
Tem uma melodia irresistível.
E que talvez você tenha estado fora do tom ou fora do ritmo dela.
DEUS te abencoe amigo(a)
Abraco, Yola Tatiana Veiga Bastos