16 September 2010

Felizes Na Correcao

Saber não é suficiente; devemos aplicar. Querer não é suficiente; devemos fazer.
"Eis que bem-aventurado é o homem a quem Deus corrige; não desprezes, pois, a correção do Todo-Poderoso" (Jó 5:17). Ele é feliz porque a correção tem o propósito de conduzi-lo por caminhos de bem-aventuranças e paz.
Ele é feliz porque não existe dureza desnecessária nesta correção.
Ele é feliz porque o castigo não é contra ele mas contra seus piores inimigos, os pecados.
Ele é feliz porque recebe palavras abundantes de consolação.
Ele é feliz porque o Senhor castiga a quem ama.
Ele é feliz porque a sua leve aflição é momentânea. Quando a nossa vida é cheia de caminhos floridos e perfumados, concluímos que somos muito abençoados.
Quando enfrentamos lutas e problemas, sentimo-nos isolados, abandonados por Deus e, de certa forma, punidos por alguma coisa que fizemos.
Quando tudo vai bem achamos que somos felizes e quando as coisas estão complicadas para nós, cremos que somos as mais infelizes das criaturas. Mas a Palavra do Senhor nos mostra que podemos ser felizes em ambos os casos.
Devemos nos alegrar quando o brilho de Cristo está em nós e nossas atitudes glorificam o Seu nome e também quando o Senhor nos corrige, revelando que o nosso brilho está fraco ou não existe mais e que precisamos reavivá-lo.
As duas situações mostram o amor de Deus para conosco e que só temos motivos para engrandecê-Lo. Ao sentirmos a repreensão do Senhor, sabemos que Deus está agindo em nossas vidas espirituais e que grandes coisas começarão a acontecer.
Ele nos limpará de todo mal, afugentará o pecado que nos agride, impedirá que a desesperança venha nos visitar, removerá de nossos corações todas as dúvidas e incertezas, encherá as nossas lâmpadas com o azeite de Seu Espírito, e os nossos caminhos voltarão a ser floridos e perfumados. Você acha que não é feliz porque passa por momentos de angústia?
Pode ser apenas uma leve correção do Senhor! Sorria... você tem tudo para ser muito feliz.
DEUS te abencoe meu irmao (a)
Abraco , Yola Tatiana Veiga Bastos

No comments:

Post a Comment