28 December 2010

Guerra E Paz, Feliz Ano Novo

É sem valor pedir a DEUS aquilo que nós mesmos podemos realizar. "... tempo de guerra, e tempo de paz" (Eclesiastes 3:8). "Esteja em guerra com seus vícios, em paz com seus vizinhos, e deixe que o novo ano faça de você um homem melhor." (Benjamin Franklin) "Ano Novo, vida nova". Ouvimos essa frase muitas vezes e, quase sempre, nada acontece de novo nas vidas daqueles que a dizem. Mas para nós, que somos filhos de Deus, é necessário que transformemos esse dito popular em uma realidade espiritual. Algumas vezes estamos em guerra e outras em paz. Qual das duas situações fará com que nossa vida seja melhor? Ambas, se soubermos aplicá-las da forma correta e no momento correto. Devemos estar em pé de guerra contra o pecado, contra os vícios, contra o orgulho, contra a vaidade, contra a mentira, contra a avareza, contra tudo que nos afasta da presença de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Essa guerra, ao contrário de outras, não provoca destruição. Ela nos edifica, nos alegra o coração, nos fortalece para enfrentar as horas de lutas e dificuldades. É uma guerra que nos ajuda a construir uma vida plena e abundante diante de Deus. Devemos estar em paz com nossas vidas e com todos os que estão ao nosso redor. Devemos estar em paz com a nossa família, com aqueles que nos querem bem e até com os que nos ignoram. O Senhor é o Príncipe da Paz e se estamos em paz, estamos nEle, e Ele está em nós. Precisamos estar em paz com os nossos sentimentos, com as nossas atitudes, com os nossos sonhos, com as nossas ansiedades, com aquilo que Deus nos dá e também com o que não nos dá. Que a harmonia entre a guerra e a paz que vivermos no próximo ano nos faça bem melhores do que fomos neste que está acabando. Se assim for, seremos imensamente felizes e o Senhor será glorificado em nossas vidas. Feliz Ano Novo para todos. Natal! Esta é a estação para acender o fogo da hospitalidade no corredor, o cordial fogo da caridade no coração.
DEUS te abencoe meu irmao(a).
Abraco, Yola Tatiana Veiga Bastos

No comments:

Post a Comment