19 February 2011

De Mãos Abertas

Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar. "e tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho" (João 14:13). Uma lenda fala de um reino antigo cujo soberano acabara de morrer. Embaixadores foram enviados para escolher, entre duas crianças gêmeas, um sucessor. Eles encontraram os dois companheiros profundamente adormecidos e concordaram, ao olhar cuidadosamente para ambos, que a decisão seria muito difícil. De repente, eles notaram uma curiosa diferença entre as duas crianças. A primeira estava deitada com os punhos cerrados e a outra com as mãos completamente abertas. Imediatamente eles fizeram sua escolha pela segunda criança. A lenda termina com o registro: ao se tornar adulto o soberano ficou conhecido como "o rei com as mãos abertas". Nós podemos dizer o mesmo do Senhor, o Rei dos reis: Ele está sempre de mãos abertas, pronto para nos dar a bênção de que necessitamos. Ele está sempre de braços abertos, pronto a nos abraçar depois de uma grande vitória, a nos consolar diante dos fracassos, a nos levantar quando as forças nos abandonam. Quando o desemprego nos atinge e o dinheiro nos falta, Ele está sempre de mãos abertas para suprir todas as nossas necessidades. Quando as nossas esperanças desaparecem e temos vontade de desistir de tudo, Ele está de mãos abertas para acariciar nossas cabeças e nos incentivar a perseverar, nos lembrando que somos mais que vencedores. Podemos pedir o que quisermos ao Senhor, Ele está de braços e mãos abertas para nos atender. E o nosso primeiro pedido a Ele deve ser sabedoria, para que saibamos o que e quando pedir as demais coisas. Em tudo o Seu nome deve ser glorificado. O nosso Deus está de mãos abertas para abençoar sua vida. E você, está também de mãos e braços abertos para servi-lo, com alegria no coração?
DEUS te abencoe meu irmao(a).
Abraco, Yola Tatiana Veiga Bastos

No comments:

Post a Comment