24 August 2011

Como Nuvem Passageira? Não!



"... como nuvem passou a minha felicidade" (Jó 30:15).


"Nós agimos como se o conforto e o luxo fossem os requisitos
principais da vida, quando tudo de que necessitamos para
alcançar a felicidade é alguma coisa que nos deixe
entusiasmados." (Charles Kingsley, Escritor - 1819 - 1875)


É uma grande ilusão achar que o dinheiro é a fonte de toda
felicidade. Ele nos fornece uma vida confortável, é verdade,
mas, o conforto por ele produzido, nem sempre nos conduzirá
a dias realmente felizes. Se assim fosse, por que nem todos
os ricos são felizes? Por que muitos deles se enveredam pelo
mundo dos vícios e jamais encontram o caminho da vida
abundante? Por que alguns deles, ainda bem jovens, morrem em
profunda tristeza?


O dinheiro pode trazer luxo, mas, não traz entusiasmo. Pelo
contrário, a facilidade de se ter tudo com o dinheiro tira o
prazer da conquista, da realização dos sonhos, do desafio à
vitória. O dinheiro até pode ser o prêmio da conquista, mas,
não deve ser o combustível para alcança-la.


Quando temos dinheiro e ajudamos alguém, o ato é mecânico e
comum. Quando não temos dinheiro, mas, movidos pelo amor,
ajudamos alguém, mesmo que a ajuda seja pequena, o nosso
coração se enche de regozijo e o entusiasmo por estarmos
obedecendo à vontade de Deus nos enche de grande felicidade.


Assim como o dinheiro pode acabar, como um tesouro pode
desaparecer, como o conforto pode deixar de existir, assim é
também a felicidade alicerçada em coisas materiais. É como
uma nuvem que aparece no céu. Ela surge bem distante...
passa por cima de nossas cabeças... e... vai embora... até
desaparecer completamente.


O nosso entusiasmo é ter Jesus no coração. Esta é a nossa
grande felicidade. É um entusiasmo definitivo e não
passageiro como uma nuvem. Ele nos acompanhará todos os dias
da vida.

DEUS te abencoe meu irmao(a).
Yola Tatiana Veiga Bastos

No comments:

Post a Comment