17 September 2011

Trabalhe Com Amor


"... e trabalhai; porque eu sou convosco, diz o SENHOR dos
Exércitos" (Ageu 2:4).


"O trabalho não é, principalmente, algo que alguém faz para
viver, porém, algo que alguém vive para fazer. Quando um
homem ou uma mulher recebe um chamado para uma tarefa
particular de um trabalho secular, é como uma verdadeira
vocação ou como um chamado específico para um trabalho
religioso." (Dorothy Sayers - Credo ou Caos)":


Eu tenho lido e ouvido, através dos anos, muitos dizendo:
"Ore para Deus me dar outro trabalho"; ou "Tenho tido muitos
aborrecimentos em meu trabalho"; ou "Não aguento mais o meu
local de trabalho. Preciso logo arrumar outro emprego". Mas,
não seria melhor, em vez de pensar em outro emprego,
perguntar a Deus "o que tu queres de mim neste lugar?"; ou
"Que posso fazer aqui, neste local de tanto desentendimento,
para abençoar estas vidas e engrandecer o nome de Jesus?"


Somos filhos de Deus, chamados para um grande propósito. E,
quando o Senhor nos escolhe, é um privilégio dizer "Senhor,
seja feita a Tua vontade em minha vida". Quando agimos dessa
maneira, vidas são transformadas, lares são edificados, o
inferno que parecia ser o nosso trabalho se transforma em
lugar de delícias e em campos de plena paz. Nossos colegas
recebem a bênção de Deus e nós experimentamos momentos de
verdadeira felicidade.


Às vezes pensamos que apenas os pastores, os evangelistas,
os mestres e cada um dos diversos líderes religiosos têm um
chamado ou uma vocação. Mas, entre os leigos e simples
discípulos de Cristo, existem pessoas que têm talentos, a
graça e a unção do Senhor, uma vida cheia do amor de Deus,
que são capazes de transformar repartições inteiras, ruas
inteiras, o mundo inteiro. Afinal, não é a nossa força ou a
nossa capacidade que vai fazer a obra, e sim o poder
maravilhoso e inigualável do nosso Senhor e Salvador Jesus
Cristo.


Se você foi chamado por Deus para um trabalho, seja
religioso ou secular, faça-o com muito amor, e você será
muito feliz.
DEUS te abencoe meu irmao(a).
Yola Tatiana Veiga Bastos

No comments:

Post a Comment