30 November 2011

Líder Ou Seguidor?


"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida;
ninguém vem ao Pai, senão por mim" (João 14:6).


S. I. McMillen, em seu livro -- Nenhuma destas Doenças --
conta a história de uma jovem que quis ir para a
universidade, e que ficou deprimida quando leu a seguinte
pergunta no formulário de aplicação: "Você é um líder?"
Sendo, ao mesmo tempo, honrada e conscienciosa, ela
escreveu: "Não", e devolveu o formulário, esperando o pior.
Para sua surpresa, ela recebeu esta resposta da
universidade: "Querida Candidata: Um estudo dos formulários
de aplicação, revela que este ano nossa universidade terá
1.452 novos líderes. Nós estamos aceitando você porque nós
sentimos que é imperativo que eles tenham pelo menos um
seguidor."


O que nós somos? Líderes ou seguidores? Fazemos o que bem
desejamos e seguimos para onde aponta o nosso nariz ou
estamos cientes de que é melhor ouvir a voz de um grande
Líder e seguir a direção que Ele nos der? Achamos que somos
capazes de alcançar nossos objetivos e realizar os nossos
sonhos sem a ajuda de ninguém ou, humildemente, reconhecemos
que não existe pessoa melhor para nos conduzir do que o
Senhor e Salvador Jesus Cristo?


Muitos de nós tropeçamos e caímos constantemente na estrada
da vida porque não aceitamos que o Caminho nos dirija.
Muitos de nós somos confundidos e enganados porque não
deixamos que a Verdade ilumine nossas mentes. Muitos de nós
estamos à beira da morte espiritual porque não abrimos o
coração para o Senhor que é a Vida, abundante e eterna.


O Senhor Jesus é o nosso Líder. Com Ele temos a plena
convicção de que chegaremos ao lugar desejado. Com Ele não
nos emaranharemos na teia da mentira. Com Ele não nos
tornaremos prisioneiros da morte, mas, libertos pela
Verdade, viveremos em paz, gozo e felicidade, para sempre.


Você é um líder ou um seguidor?
DEUS te abencoa meu irmao(a)
Yola Bastos

29 November 2011

Um Rastro De Amor


"Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o
oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das
viúvas" (Isaías 1:17).


O missionário Chester Scott construiu uma pista de pouso e
decolagem no Zaire, apesar de não ter nenhum avião. Alguns
zombaram dele, mas, ele prosseguiu até o fim da obra. O
primeiro avião a utilizar a pista foi de missionários
fugindo do perigo. Todos que o procuraram, alcançaram a
liberdade através daquela pista.


Que maravilhoso exemplo de serviço para Deus. Um homem
determinado a ajudar, a socorrer, a estender a mão, a
oferecer seu tempo e sua vida em prol de seu próximo. Um
verdadeiro missionário do Senhor.


Há pessoas que trabalham muito apenas para si mesmas. Não se
importam com os que estão ao seu lado e nem se alegram com a
vitória dos outros. Eu creio que tanto as nossas conquistas
como as dos que queremos bem são regozijo para nossas almas
e motivo de glorificarmos o nome do Senhor Jesus.


Esse final de semana eu recebi um email de alguém que estimo
muito. É um grande ajudador desta obra missionária. Ele
passou por momentos muito difíceis durante mais de três
anos. Ele lutou com perseverança e fé e... venceu! Aleluia!
Eu chorei de alegria ao ouvir seu relato. Como me fez bem ao
coração ouvi-lo contar sobre a grande vitória alcançada! E é
sempre assim com aqueles que preocupam-se com os amigos.


O missionário de nossa história estava na África e, podendo
se empenhar em construir uma bela casa, ou adquirir conforto
para os seus dias naquele lugar difícil, preferiu pensar nos
missionários que, com perigo de vida, lutavam pela causa dos
que ainda não conheciam o Salvador. Estavam arriscando suas
vidas e, em determinado momento, precisariam de socorro. E
lá estava o missionário com sua pista pronta. Era
escarnecido por muitos, mas, aplaudido pelos anjos do
Senhor. Glórias a Deus por seu gesto de amor.


A pista de Scott foi um rastro de amor. Você tem deixado,
também, rastros de amor por onde passa?
DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Bastos

28 November 2011

Seria Tudo Acidental?



"Disse o néscio no seu coração: Não há Deus" (Salmos 14:1).


"Todas as maravilhas ao seu redor são acidentais. Nenhuma
mão Toda-poderosa fez um trilhão de estrelas. Elas criaram a
si mesmas. A superfície de nossa terra já apareceu arável,
senão nós não teríamos nenhum legume para comer, e nenhuma
grama para os animais cuja carne é nossa comida. O invólucro
inesgotável de ar, com somente 50 milhas de profundidade e
de exatamente a densidade certa para manter a vida humana, é
somente outra lei da física. A água expande quando congela,
enquanto outras substâncias se contraem. Isto torna o gelo
mais leve que a água e o mantém flutuando na superfície. Se
não fosse assim os lagos seriam gelo sólido até o fundo e
nenhum peixe poderia sobreviver. Nós temos dia e noite
porque a terra gira sem diminuir a velocidade. Quem arrumou
tudo isso? Quem criou essa harmonia? Quem equilibra tudo
para que tenhamos as estações? O fogo do sol não gera calor
demais a ponto de fritar-nos, mas, o suficiente para não
congelarmos. Quem mantém esse fogo constante? O coração
humano baterá por 70 ou 80 anos sem hesitação. Como ele
controla as pausas entre as batidas? Um rim filtrará o
veneno do sangue, deixando apenas o que é bom. Como ele sabe
a diferença entre um e outro? Quem deu flexibilidade à
língua humana para formar palavras, e quem fez o cérebro
entendê-las? É tudo isso acidental? Não existe, realmente,
um Deus?"


Sim, existe um Deus, mesmo que alguns teimem em não
acreditar. Eu creio! E não somente creio, mas o tenho em meu
coração. Ele é o meu Deus, o meu Senhor, o meu amigo, a
razão de eu viver todos os dias. Ele é santo e, mesmo sendo
santo, me ama apesar de toda a minha imperfeição. Como Lhe
sou grato! Eu desejo adorá-lo de todo o meu coração. Desejo
estar sempre junto a Ele, não somente aqui neste mundo como
por toda a eternidade.


Minha vida está em seu altar, meus sonhos eu submeto à Sua
vontade, meu trabalho eu dedico a Ele e almejo realizá-lo da
melhor maneira possível.


Ele me ama! Eu O amo! Nada disso é acidental!
DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Bastos

25 November 2011

É Importante? Compartilhe!


"Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia
as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem,
que faz ouvir a salvação, do que diz a Sião: O teu Deus
reina!" (Isaías 52:7)


Um comercial americano de TV da Mercedes Benz mostra seu
carro colidindo com uma parede de cimento durante um teste
de segurança. Alguém então pergunta ao porta-voz da
Mercedes: "Por que a empresa não proibe que seu projeto de
resistência, de grande sucesso, seja copiado por outras
companhias?" Ele responde, mostrando sensatez: "porque
algumas coisas na vida são importantes demais para não serem
compartilhadas".


Que tremenda verdade! Ela deve ser aplicada na transmissão
das boas novas do Evangelho. As boas novas que proclamam a
salvação em Jesus Cristo. As boas novas que a igreja não
pode guardar para si mesma.


Quando abandonamos o mundo de prazeres duvidosos e de
incertezas constantes, deixando para trás momentos de
angústia e desespero, de decepções e frustrações, começando
a caminhar pelas sendas vitoriosas da salvação, não podemos
nos conter e nem esconder o grande contentamento agora
experimentado. Queremos imediatamente transmitir toda a
nossa felicidade e o que o Senhor começou a fazer em nossas
vidas e através delas.


Quando a alegria do Senhor fortalece a nossa vida
espiritual, nos dando vitória nas lutas, o nosso coração se
enche de júbilo e a nossa maior satisfação é repartir aquele
instante com o maior número possível de pessoas.


Eu não quero me calar. Quero compartilhar as bênçãos do
Senhor, quero tornar conhecida a paz que só Cristo pode dar,
quero transmitir o amor que tenho experimentado em Deus,
quero bradar em alta voz que "só Jesus Cristo salva"!


Tudo isso tem sido muito importante para minha vida e quero
compartilhar. E você, tem desfrutado das bênçãos do Senhor?
Tem falado sobre isso com seus amigos?

DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Tatiana Veiga Bastos

21 November 2011

Brilho Intenso


"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai
brilhando mais e mais até ser dia perfeito" (Provérbios
4:18).


Certo ateu, depois de passar alguns dias com François
Fenelon, um homem de Deus, falou: "Se eu demoro mais um dia
aqui, acabarei me tornando cristão, apesar de minha
convicção ateísta". Fenelon em nenhum momento contestou o
ateu ou lhe fez proposta para deixar o ateísmo. Ele se
manteve quieto e o que estava convencendo o ateu eram suas
atitudes e sua vida santa.


Que maravilhoso é ter uma vida que glorifica o nome do
Senhor. Quando seguimos os preceitos aprendidos na Palavra
de Deus, não apenas vivemos felizes e abençoados como
alegramos e abençoamos as vidas que nos cercam.


A nossa maneira de ser e agir pode mudar o ambiente, as
pessoas, o mundo. Muitos nos olham, nos detestam ou nos
admiram, se entristecem ou se alegram, são influenciados
para o bem ou para o mal. O homem de nossa história, calado,
falava mais que uma dúzia de oradores. Nós também queremos
influenciar, convencer a todos que vale a pena ter Jesus no
coração.


Deus chamou Abrão para ser uma bênção. Chamou a mim para ser
também uma bênção. Chama a você para, da mesma maneira,
abençoar a todos que o conhecem. Nossas vidas precisam
brilhar, precisam exalar o perfume do Salvador, precisam
mostrar que a verdadeira felicidade consiste em caminhar ao
lado de Cristo.


Que a nossa vida faça brilhar os nossos caminhos. Que esses
caminhos brilhem mais e mais e iluminem a todos que por eles
passem. Que a luz do Senhor transforme a vida de todos que,
através de nós, e de outras vidas igualmente brilhantes,
sejam tocados pelo Espírito de Deus.


Que o mundo inteiro seja iluminado pelo brilho de nossas
atitudes.

DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Tatiana Veiga Bastos

17 November 2011

A Graça É Muito Maior!


"Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos
foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos
serão feitos justos. Veio, porém, a lei para que a ofensa
abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça"
(Romanos 5:19, 20).


Em um de seus devocionais, E. Stanley Jones, missionário
Metodista para a Índia, escreveu: Os primeiros cristãos não
falaram, com desânimo: "Olhem em que o mundo se
transformou", mas com deleite: "Olhem como o mundo pode ser
transformado". Eles não viram simplesmente a ruína, mas o
recurso para a reconstrução da ruína. Eles não viram
simplesmente a abundância do pecado, mas, que a graça era
muito mais abundante.


E nós, como vemos o mundo? O que estamos fazendo no mundo?
Temos sido transformados por ele ou, na força do Senhor,
temos nos esforçado para transformá-lo?


É grande o pecado no mundo, porém, muito maior é a graça
maravilhosa do Senhor Jesus que nos livra do pecado e nos
conduz à vida eterna. É muito grande a falta de amor entre
os homens, porém, o amor do Senhor pode mudar todas as
circunstâncias e fazer desaparecer o ódio que move aqueles
que não conhecem a Deus. É imensa a incredulidade reinante
nos corações de muitos, porém, o nosso testemunho de fé pode
fazê-la desaparecer por completo.


O egoísmo, a vaidade, a avareza, e muitas outras coisas, têm
arruinado o mundo em que vivemos. Mas, nem tudo está
perdido. Podemos reconstruí-lo, podemos dar-lhe novas cores,
podemos proclamar a graça abundante do nosso Salvador.


Com Cristo no coração, tudo se resolve. Onde há angústia
abundante, pode haver júbilo e contentamento muito maiores.
Onde o desânimo é abundante, pode haver estímulo e confiança
sem limites. Onde as necessidades são muitas, pode haver
abundância da provisão celestial.


Você tem desfrutado da incomensurável graça de Deus?


DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Tatiana Veiga Bastos

14 November 2011

Ele Pode... Ele Quer!


"O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as
vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus" (Filipenses
4:19).


"Deus se satisfaz com Ele mesmo e é suficiente para Sua
própria felicidade. Seguramente, então, existe suficiência
nele para preencher a criatura. Quem enche um oceano poderá
encher um balde; quem enche um galão, poderá encher um
quartilho; os recursos que custearão as despesas do
imperador são suficiente para um mendigo ou homem pobre".
(C. H. Spurgeon)


O nosso Deus é Todo Poderoso! Tudo é possível para Ele! E
tudo é possível ao que crê nele! Não há nada que Ele não
possa fazer e não há nada que não possamos contar com Ele.
Ele é o nosso Ajudador e nós almejamos que Ele nos ajude...
sempre.


De que estamos necessitados? De dinheiro? Ele é o dono de
todo ouro e prata deste mundo. De saúde? Ele é o Deus que
sara; é o Médico dos médicos. De encontrar a salvação? Ele é
o Caminho para a vida eterna!


Ele pode transformar um perdedor em um verdadeiro campeão.
Ele pode tomar a vida de uma pessoa angustiada e destruída e
fazê-la forte e vitoriosa. Ele pode fazer de um inimigo
perseguidor, um grande amigo e missionário a Seu serviço.


Muitas vezes perdemos as esperanças, nos desiludimos,
deixamo-nos abater pelo desânimo, deixamos de perseverar
porque achamos que não há solução para nossos problemas.
Isso não é verdade! Há solução, sim! Há uma bênção à nossa
espera! Ela está bem perto de nós. Nós a encontraremos logo
que dobrarmos a esquina da fé. Encontraremos ali o Senhor
que tudo pode. Ele pode nos abençoar, pode nos renovar, pode
nos transformar, pode satisfazer todas as nossas ansiedades,
pode suprir-nos em tudo. Ele pode! Ele quer!

DEUS te abencoe meu irmao(a).
Yola Tatiana Veiga Bastos

11 November 2011

Debilidade Curada


"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão
com asas como águias; correrão, e não se cansarão;
caminharão, e não se fatigarão" (Isaías 40:31).


O Senhor nos dedica uma atenção especial por causa de nossa
debilidade. Essa atenção pode ser ilustrada pela atitude de
uma mãe. Ela ama todos os seus filhos, porém, se um deles
está fraco ou enfermo, enquanto os demais estão fortes e
saudáveis, ela se dedica com muito mais ardor ao que
necessita de seus cuidados e de seu amor. Seus outros filhos
podem cuidar de si mesmos, enquanto o debilitado carece
muito mais de seus instintos de amor materno. Desta maneira
o nosso Salvador nos ama e cuida de nós, por causa de nossa
grande debilidade.


É grande o amor do nosso Deus para conosco. É grande a nossa
debilidade e carência do amor divino. O Senhor nos dá toda
atenção, está sempre ao nosso lado, curando nossas
enfermidades espirituais, fortalecendo nossos corações
débeis e necessitados.


O que seria de nós sem a presença e os cuidados ternos do
Senhor? Como venceríamos os dias maus? Como alcançaríamos
vitórias em nossas angústias e frustrações? Como
atravessaríamos o vale de nossas crises? Como se iluminariam
os caminhos sombrios de nossos momentos de desespero?


Devemos louvar ao Senhor por Sua proteção. Devemos
agradecê-lo por tornar nossas lutas suportáveis e por nos
garantir que a todas venceremos. Devemos nos alegrar pela
esperança de que todos os obstáculos erguidos à nossa frente
serão ultrapassados e não impedirão as nossas conquistas.


O Senhor cuida de nossa debilidade, renova nossas forças,
fortalece nossos músculos espirituais. Nas lutas encontramos
ânimo, na fraqueza sentimos o amparo de Deus, no abatimento
encontramos coragem e estímulo.


Graças lhe damos, ó Senhor, por jamais estarmos sozinhos em
nossa debilidade.
DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Tatiana Veiga Bastos

9 November 2011

Mentalidade De Cartão De Crédito


"Disse-lhes, pois, Jesus: Ainda não é chegado o meu
tempo..." (João 7:6).


Os cristãos, de todos os povos, deviam entender que a
mentalidade de cartão de crédito não é o caminho ideal para
uma vida melhor. O modelo estabelecido por Jesus, de adiar
os desejos ou sonhos - não foi porque a realização dos
desejos e sonhos era errada, mas porque "ainda não é chegado
o meu tempo". A maioria de nós pensa que nosso tempo chega
cinco minutos depois do desejo ou sonho se instalar em
nossas mentes.


Quando temos um cartão de crédito nas mãos, cremos que
podemos fazer qualquer coisa imediatamente. Se desejo fazer
uma viagem, o cartão de crédito financia para mim em várias
parcelas. Se desejo renovar a mobília de minha casa, o
cartão de crédito torna isso possível e o pagamento é a
perder de vista. Se desejo adquirir roupas novas, mais uma
vez o cartão de crédito atende a minha vontade. Essa é a
mentalidade de cartão de crédito -- posso realizar qualquer
desejo, imediatamente. Mas, seria essa mentalidade adequada,
quando buscamos uma vida melhor?


Jesus disse: "Ainda não é chegado o meu tempo". O sábio
Salomão nos advertiu: "Há tempo para tudo debaixo do céu". O
salmista testificou: "Esperei com paciência no Senhor". E
assim deve ser conosco. Nem todos os sonhos são realizados
rapidamente. Nem todos os desejos devem ser concretizados na
mesma hora. Nem sempre alcançamos o sucesso logo após os
primeiros passos de fé. Deus tem Seu tempo e Sua vontade é
soberana em todas as circunstâncias. Precisamos confiar e
deixar Deus agir em nossas vidas.


Muitas vezes nos arrependemos após utilizar o cartão de
crédito. Nem sempre ele nos traz verdadeira satisfação.
Porém, quando nos submetemos à vontade do Senhor e deixamos
que Ele realize nossos sonhos e desejos, na hora que Ele
quer e da maneira que Ele quer, a nossa alegria é verdadeira
e a nossa felicidade jamais terá fim.
DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Tatiana Veiga Bastos

8 November 2011

Termômetro Ou Termostato?


"Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos" (Mateus
22:14).


Algumas pessoas refletem o ambiente onde se encontram,
outras o modificam. As pessoas são termômetro ou termostato.
Os termômetros mostram apenas qual é a temperatura, enquanto
os termostatos determinam a temperatura que o local deve
ter.


Nós, cristãos, fomos escolhidos por Deus para transformar os
ambientes por onde passamos e não para sermos transformados
por eles. Fomos chamados para iluminar e não para sermos
sufocados pelas trevas deste mundo. Fomos enviados para
levar a salvação e não para sermos mais um perdido entre
muitos outros. Fomos colocados no mundo para sermos
termostatos e não termômetros.


Aqueles que são como termômetros, sofrem a influência do que
está ao redor. Refletem egoísmo quando participam de
ambientes egoístas. Refletem dúvidas quando são cercados de
incredulidade. Refletem insegurança quando não estão
cercados pelas mãos protetoras do Senhor.


Quando compreendemos a necessidade de sermos termostato,
fixamos uma atmosfera de amor mesmo quando o ódio campeia em
muitos corações. Fixamos a fé mesmo quando a desesperança
insiste em se instalar nos locais próximos a nós. Fixamos a
salvação mesmo quando tudo já parece perdido.


Fomos chamados por Deus para sermos bênçãos em Suas mãos,
para levarmos a Palavra de vida e vitória, para testificar
da transformação que o Senhor Jesus opera na vida daqueles
que nEle crêem. Somos Seus representantes neste mundo.
Devemos ser termostatos para que a luz possa brilhar em
todos os corações.


Você continua sendo termômetro, adaptando-se ao que acontece
ao seu redor ou termostato, transformando os lugares
sombrios em jardins agradáveis para todos?
DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Tatiana Veiga Bastos

3 November 2011

Riqueza E Alegria


"Vale mais o pouco que tem o justo, do que as riquezas de
muitos ímpios" (Salmos 37:16).


Perguntaram, uma vez, ao multimilionário John Rockefeller,
que importância em dinheiro seria capaz de fazer uma pessoa
feliz. Sua resposta foi: "SÓ UM POUCO MAIS". Perguntaram a
Sócrates: "Quem é o homem mais rico?" Sua resposta foi:
"Aquele que se contenta com o pouco".


Eu perguntaria: "Quem é o homem mais rico e mais feliz?" E eu
mesmo responderia: "Aquele que tem todas as necessidades
supridas; aquele que tem o nome escrito no Livro da Vida;
aquele que teve os pecados perdoados; aquele que estava
perdido e foi achado; aquele que estava morto
espiritualmente e agora vive... para sempre aquele que
tem Jesus Cristo no coração".


Não há riqueza maior do que poder confiar na Palavra que nos
assegura: "Pedi e dar-se-vos-á". Não há alegria maior do que
estar na presença do Senhor. Não há riqueza maior do que ser
filho do Deus que é dono de todo ouro e prata desse mundo.
Não há alegria maior do que saber que temos uma morada
preparada no Céu de glória.


Há muitas pessoas que não são felizes porque não possuem
grandes riquezas. Passam a vida correndo atrás de coisas
materiais, invejam aos que já as têm e passam os dias em
angústia por serem pobres. Sim, são pobres por não terem a
alegria do Senhor para enriquecê-los.


Há muitas pessoas que são ricas porque têm a felicidade de
ter o Amigo Jesus no coração. Sentem-se felizes tendo muito
ou pouco. Sua alegria não depende de patrimônio. São ricos
porque são alegres e é essa alegria verdadeira que constitue
seu maior tesouro.


A riqueza nem sempre traz alegria. A alegria, contudo, é uma
riqueza que nenhuma crise pode destruir. Seja alegre...
confie em Jesus... assim você será rico, tendo muito ou
pouco dinheiro.


Jesus é a verdadeira alegria. É a grande riqueza na vida de
todos nós.

DEUS te abencoe meu irmao(a)

Yola Tatiana Veiga Bastos