6 December 2011

Onde Estão Os Guarda-Chuvas?


"Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para
mim, e ouviu o meu clamor" (Salmos 40:1).


A seca ameaçava toda a colheita de certa região. Todos
estavam muito desanimados. Na igreja, o líder religioso
conclamou os membros da congregação a uma semana de jejum e
oração. Disse ele em seu sermão: "Não haverá esperanças para
nós a não ser que voltemos aos nossos lares e nos coloquemos
diante de Deus, pedindo a Ele que nos mande chuva. Façamos
uma semana de jejum e confiemos que Ele nos responderá. No
próximo fim de semana nos reuniremos para ver o resultado de
nossa semana de oração e para agradecer ao Senhor pela
resposta". Os irmãos atenderam o seu pedido e passaram a
semana em adoração e intercessão. No dia da reunião, todos
foram para a igreja e, assim que os viu, o líder mandou que
fossem embora. "Eu não dirigirei a reunião", disse o
pregador, "vocês não confiam verdadeiramente em Deus". "Mas,
nós jejuamos e nós oramos com toda fé", protestaram eles.
"Com toda fé", retrucou o líder, "e onde estão seus
guarda-chuvas?"


Até que ponto nós cremos, realmente, na resposta de Deus às
nossas necessidades? Até que ponto somos capazes de esperar
pacientemente pela vontade de Deus? Até que ponto
conseguimos resistir sem murmurações?


Muitos dizem que confiam no Senhor, lêem a Bíblia todos os
dias, vão para a igreja com frequência e... no primeiro
obstáculo, no primeiro dilema, na primeira tempestade
enfrentada, se queixam e dizem que Deus não se importa com
eles!


Quem crê, com uma fé genuína, não desiste, não se exaspera,
não se abate. Simplesmente espera com paciência que a
vontade e o tempo de Deus tragam a resposta. O Senhor sempre
responde, hoje ou amanhã, mas, não falha jamais.


Onde estão os guarda-chuvas de nossa fé?

DEUS te abencoe meu irmao(a)
Yola Bastos

No comments:

Post a Comment